Tudo o que você precisa saber sobre o Óleo de Linhaça

Óleo de LinhaçaA linhaça já é bastante conhecida, considerada como um alimento natural e proporcionando diversos benefícios à saúde, prevenindo doenças e agindo no tratamento de muitas outras, além de servir também para pessoas que querem emagrecer. O óleo de linhaça também é bastante benéfico, podendo ser um grande aliado para a beleza dos cabelos e da pele.

O óleo de linhaça é considerado pela Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária – como alimento funcional, ou seja, um alimento que tem propriedades que trazem benefícios metabólicos ou fisiológicos à saúde.

Extraído da semente de linhaça, esse óleo é uma riquíssima fonte de ômega 3, 6 e 9, trazendo essas substâncias na proporção próxima à ideal, segundo estudos promovidos pelo Centro Médio da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos.

Além do ômega, o óleo de linhaça ainda fornece ácido alfa linolênico, que é convertido em nosso organismo para ácido eicosapentaenoico e docosaexaenoico, que são essenciais para a formação das células saudáveis do sistema imunológico. Como esses ácidos podem ser encontrados nos óleos de peixes, o óleo de linhaça é a alternativa para os vegetaríamos que querem complementar a própria alimentação.

O óleo de linhaça pode ainda oferecer diversos benefícios para a saúde, como prevenção de doenças cardíacas, controle do colesterol, potencialização do emagrecimento, controle da pressão arterial, manutenção da pele saudável e, ainda, suavizar os efeitos da TPM.

Os estudos do Centro de Maryland ainda apontaram que o óleo de linhaça desacelera ou pode reverter o processo de enfraquecimento dos ossos, prevenindo doenças como a osteoporose.

Principais benefícios do óleo de linhaça

O óleo de linhaça pode ser consumido juntamente com outros alimentos, mantendo todas as suas propriedades benéficas e também de seus complementos. A recomendação é que o óleo seja consumido em temperatura ambiente, evitando que o aquecimento possa eliminar alguns de seus nutrientes mais importantes. No consumo diário, basta a quantidade de duas colheres de chá ou uma de sopa diariamente.

Veja as principais vantagens e benefícios do consumo do óleo de linhaça:

Rico em ômega

É um alimento rico em ômega, a gordura boa encontrada nos peixes de águas profundas do mar, com a vantagem de trazer ômega 3, 6 e 9 para nosso organismo, ou seja, é um produto completo.

A relação ideal entre o consumo de ômega 3 e ômega 6 é de 1 para 4, enquanto que o óleo de linhaça apresenta uma relação de 1 para 3, sendo próxima do ideal. Como são substâncias que o organismo humano não sintetiza, é indispensável sua presença em nosso cardápio de forma regular.

O ômega 3, principalmente, é essencial para nossa saúde, já que possui uma potente ação anti-inflamatória. Como o óleo de linhaça apresenta essa proporção de ômega 3 e 6, sua presença no consumo diário é extremamente benéfica.

Ação preventiva

Sendo considerado um alimento funcional, já que seu uso traz tantos benefícios para a saúde, contribuindo para o bem estar físico e reduzindo o desenvolvimento de doenças, o óleo de linhaça é importante para prevenir e controlar o aparecimento de câncer, como o de mama e o de pulmão, entre outros, de acordo com os estudos do Centro Médico de Maryland.

Além disso devemos lembrar que o óleo de linhaça também oferece benefícios na prevenção da osteoporose, retardando o enfraquecimento dos ossos, trazendo alívio também para os sintomas da menopausa.

É importante destacar que o óleo de linhaça deve ser consumido conforme recomendado pelos especialistas, evitando o excesso de sua presença no organismo. Dentro do consumo adequado, o óleo de linhaça ainda previne o surgimento de acne, de psoríase, de dores articulares, de lúpus e fornece melhor saúde para os cabelos.

Um dos estudos em andamento está procurando saber se o óleo de linhaça pode ser benéfico para pessoas com diabetes, já que se constatou que ele também ajuda na estabilização dos níveis de glicose no sangue, sendo também um preventivo contra a obesidade.

Controle do colesterol e de doenças cardíacas

A presença do ômega no óleo de linhaça ajuda a reduzir o colesterol ruim, o LDL, ao mesmo tempo em que aumenta o colesterol bom, o HDL. Essa condição ajuda a reduzir a inflamação nas artérias, prevenindo doenças como a aterosclerose.

Melhora as funções intestinais

Pelo simples fato de ser um óleo, a linhaça colabora para o bom funcionamento intestinal, emulsificando o bolo fecal e facilitando sua eliminação. Com a eliminação de toxinas proporcionada pelo seu consumo, o óleo de linhaça colabora também para a saúde da pele, ajudando a combater o envelhecimento precoce e prevenindo os mais diversos tipos de inflamação da pele.

Fortalece os ossos, dentes e unhas

Evitando a osteoporose, com o fortalecimento dos ossos, o óleo de linhaça também favorece a saúde dos dentes e das unhas.

Conclusão

Vale destacar, no entanto, que o consumo de óleo de linhaça deve ser feito dentro das recomendações, evitando que o excesso possa, em vez de ajudar, prejudicar a saúde.

Deixe um comentário