Saiba mais sobre a DAMIANA, uma planta medicinal conhecida por seus efeitos afrodisíacos

damianaA damiana é uma planta medicinal conhecida por seus efeitos afrodisíacos. Muito utilizada pelos povos pré-colombianos, que se beneficiavam dessa propriedade, ela possui vários outros benefícios pouco divulgados, sendo eficaz até mesmo contra a doença de Parkinson. Neste artigo, abordaremos mais detalhadamente os benefícios trazidos por essa planta. Mas, para começar, o que é a damiana?

Um pouco sobre a damiana

A damiana (Turnera diffusa) é um pequeno arbusto encontrado naturalmente na América tropical. De folhas pontudas e bonitas flores amarelas, a planta foi bastante utilizada pelos índios sul-americanos como um chá curativo. Enquanto isso, maias e astecas faziam proveito das propriedades afrodisíacas da planta. A título de curiosidade, enquanto os afrodisíacos fazem referência à deusa do amor, Afrodite, a damiana faz referência a uma outra deusa da mitologia grega, Dâmia, que se tornou deusa após ser morta injustamente.

A damiana e seu efeito afrodisíaco

Os afrodisíacos são aquelas substâncias que promovem um aumento da libido e da potência sexual. O efeito afrodisíaco da damiana se deve ao fato de que a planta estimula os intestinos, permitindo, assim, uma melhor oxigenação dos órgãos genitais e contribuindo para com o desejo sexual. Em termos químicos, o componente que possibilita esse é efeito é a damianina, um princípio ativo amargo que estimula o sistema nervoso.

Os benefícios da damiana para a saúde

A planta oferece diversos benefícios à saúde, para além dos efeitos afrodisíacos. Dentre eles, estão:

  1. Diminui a frigidez: 

    A frigidez, analogamente à disfunção erétil masculina, é a falta de excitação sexual feminina. Isto é, a impotência sexual da mulher. A planta ajuda a diminuir esse problema, auxiliando na lubrificação da vagina e, consequentemente, tornando o sexo mais prazeroso para a mulher.

  2. Resolve a impotência sexual e a disfunção erétil: 

    Nos homens, a planta mostra-se igualmente eficaz como um afrodisíaco natural, combatendo a disfunção erétil e elevando a libido masculina. O próprio nome científico alternativo da planta, Turnera aphrodisiaca, faz referência a essa propriedade da planta.

  3. Ajuda no tratamento da espermatorreia: 

    A espermatorreia, também conhecida como polução noturna, é uma condição na qual o homem libera sêmen excessiva e involuntariamente, sem ato sexual. O chá de damiana pode ajudar no tratamento desse problema.

  4. Ameniza os sintomas da doença de Parkinson: 

    A planta pode ajudar no controle dos sintomas do mal de Parkinson, no entanto a automedicação deve ser evitada. Antes do início do uso fitoterápico da damiana, é de bom tom a consulta com um médico.

  5. Auxilia no tratamento de inflamações na próstata: 

    A damiana atua no sistema reprodutor de ambos os sexos, solucionando vários problemas relacionados ao sistema genital tanto de homens quanto mulheres. Um desses problemas é a inflamação na próstata, a qual pode ser tratada com o consumo da planta.

  6. Ajuda a superar a timidez: 

    A damiana já foi muito utilizada para auxiliar jovens rapazes a superarem a timidez durante a puberdade. Com o controle da timidez, a planta garante um melhor desempenho sexual.

  7. Pode ser utilizada no tratamento da esclerose lateral amiotrófica: 

    A esclerose lateral amiotrófica é uma doença que ficou famosa por acometer um dos maiores gênios de nossos tempos, o físico Stephen Hawking. Surpreendentemente, a damiana também pode ajudar a abrandar alguns sintomas da doença.

  8. Combate a ansiedade: 

    Assim como nos adolescentes a planta ajuda a superar a timidez, nos adultos ela é eficaz contra a ansiedade. Nas mulheres, ela ajuda a equilibrar as oscilações hormonais, combatendo a ansiedade provocada por problemas dessa ordem.

Efeitos colaterais e contraindicações

Há uma série de efeitos colaterais do uso excessivo da damiana. Entre eles, podemos citar a irritação do trato intestinal, insônia e arritmia cardíaca. Para evitar esses efeitos adversos, aconselha-se que o chá não seja consumido muito frequentemente, pois os componentes químicos da planta podem ser perigosos quando acumulados no corpo.

Quanto às contraindicações, diz-se que a damiana não deve ser consumida por mulheres grávidas, lactantes (mulheres que amamentam) e pessoas com baixos níveis de açúcar no sangue. Podendo gerar complicações e, no caso das gestantes, provocar aborto.

Como preparar chá de damiana?

Para preparar o chá de damiana e desfrutar de seus benefícios, você vai precisar de:

  • 20 gramas de folha de damiana;
  • 1 litro de água.

Para preparar, basta ferver a água e, em seguida, acrescentar as folhas secas de damiana. Por fim, o chá é coado. Feito isso, já pode ser servido! Recomenda-se que não seja consumida mais do que uma xícara por dia, pois, caso contrário, podem ser gerados problemas hepáticos. O chá pode ser adoçado com mel à vontade.

A damiana é, portanto, uma planta eficaz contra diversos problemas de saúde, sendo mais conhecida, no entanto, como um excelente remédio contra a impotência sexual. Seu uso é extremamente recomendado para todos aqueles que sofram com alguma das condições aqui apresentadas.

Se você gostou deste artigo, por favor curta nossa página no Facebook, compartilhe com seus amigos e familiares e deixe seu comentário!